Posts

Aprenda a administrar suas economias com Fly

Há alguns meses atrás, na conversa com Ana Maria Braga no Programa Mais Você, Fly contou que começou a dar dicas financeiras para os amigos por e-mail e, depois de um tempo, apresentou um projeto para o Rh da TV Globo. “Quando apresentei o projeto ao Rh, ninguém acreditou que eu também entendia de educação financeira. No curso, também não deixei que usassem o nome ‘Fly’ porque temi que as pessoas não me dessem credibilidade por causa da dança”, explicou, emocionado.
Hoje, Vagner Menezes Pereira já não precisa mais dar tanta explicação. Palestrante reconhecido na área de educação financeira, Fly conseguiu realizar não somente um projeto de sucesso junto aos funcionários da TV Globo, mas também angariou muitos fãs e admiradores que, com os conselhos dele, conseguiram dar o primeiro passo para sair das dívidas. O Diário de Consumo (e nossos leitores, claro) tem o privilégio de contar com uma coluna exclusiva, onde postaremos textos e vídeos do Fly.
Confira as dicas do Fly para aprender a administrar suas economias com sabedoria:
1. Como ganhar dinheiro – aprender a ganhar dinheiro é fundamental, pois ter nível superior não é garantia de futuro tranqüilo. Hoje, a expectativa de vida do ser humano é muito maior. A nova geração pode viver 120 ou 130 anos. Viverão mais tempo do que as gerações anteriores e para isso vão precisar guardar mais dinheiro, para poder viver durante muito mais tempo e não depender de filhos ou do governo. Todos precisam estar preparados financeiramente para se reorganizar e enfrentar situações inéditas.
2. Como poupar – todos sabem que precisam ter uma reserva, mas muitos não sabem que poupar é prazeroso e leva a uma vida equilibrada. Adquira o hábito de poupar: Coloque em prática o ideal de economizar. Poupe sempre. Tente guardar, todo mês, um porcentual fixo do dinheiro que recebe, mesmo se tiver de abrir mão de algumas coisas. Para ajudar, mude sua rotina, adquira novos hábitos e pense grande. A economia colocará seus sonhos mais próximos de você. Subtraia as despesas de seu salário ou proventos. O que sobrar servirá para você investir.
3. Como gastar – saber como gastar o dinheiro não é uma tarefa fácil. Ser capaz de escolher o que é melhor agora, levando em conta o que é importante, exige bom senso e experiência. Determine um objetivo (o seu projeto). Faça uma lista de tudo o que você gostaria de fazer. Em seguida, estabeleça prioridades e escolha os projetos mais interessantes. Se não der para fazer todos de uma vez, vá com calma. É melhor caminhar passo a passo do que perder o ritmo. Escolha, portanto, o seu principal projeto e tenha em mente o quanto ele deve custar.
4. Como doar tempo, talento e dinheiro – reforçar na educação da nova geração que a idéia de responsabilidade social e ética deve estar sempre presente na forma de ganhar e gastar dinheiro.
Clique na imagem acima para assistir o vídeo
Pelo nosso colunista Vagner Menezes Pereira – Fly

Novo Colunista no Blog: Fly e sua “Dança das Finanças”

Vagner Meneses Pereira. Esse é o nome do educador financeiro e nosso novo colunista do Diário de Consumo. Até aí estaria tudo normal, se não fosse a revelação de que esse Vagner é o Fly, o coreógrafo da Xuxa e do Caldeirão do Huck. Ele conta que começou dando conselhos a amigos, e a procura foi tão grande, que criou o “Flynveste”, um email gratuito com dicas de finanças, que é enviado diariamente para dezenas de pessoas. E então não parou mais. Ele também dá cursos, aulas e palestras sobre o assunto.

A pergunta, presente no próprio release dele, é: “O que um coreógrafo está fazendo no ramo de investimentos?” E a resposta ele mesmo explica: “Eu estava na faculdade de marketing e em uma ótima fase profissional, mas estava gastando mais do que deveria e acabei ficando com algumas dívidas. Existia uma matéria na faculdade chamada ‘Finanças e Marketing’ que era muito complicada e com uma linguagem difícil, mas o professor sabia muito sobre o assunto. Acabei pedindo ajuda para os meus problemas financeiros pessoais e ele me deu o cartão dele. Se meu problema era justamente estar sem dinheiro, eu não podia pagar a consulta dele, por isso, resolvi correr atrás sozinho”. Após isso, Fly se formou em Marketing e há 10 anos se especializa na área financeira.


O objetivo de Fly é que a pessoa saiba como estar preparado para o mercado financeiro, sabendo assim como lidar com seu dinheiro. Com isso, ele orienta as pessoas a começarem a pensar no investimento a longo prazo, o principal foco de seu ensino. Para o educador, é apenas dessa forma que se pode fazer o dinheiro aumentar de forma significativa.
       
Mas se você pensa que vai ler aqui textos cheios de formalidades,  como siglas difíceis e cara-de-terno-e-gravata, engana-se. Fly ensina tudo de maneira rápida, prática, simples e com muito alto astral, sua maior característica. Isso tudo, para mostrar que um coreógrafo pode sim fazer parte do ramo dos negócios, do investimento, do dinheiro. Porque ele, melhor do que ninguém, pode fazer uma “coreografia” para aumentar a renda e não deixar ninguém dançar diante de algum problema financeiro. Quem quiser saber mais sobre o Fly e sua educação financeira, pode acessar seu Site e o blog. 


Alguma dúvida de que esta tem tudo para ser uma das colunas mais lidas deste blog? Basta dizer que nas suas requisitadas e sempre lotadas palestras, um dos primeiros conselhos para quem está endividado é “parar de pagar as contas imediatamente”, tornando assim possível traçar metas e prioridades. Solucionar as dívidas dizendo simplesmente que é necessário não gastar mais do que se ganha, que devemos viver em regime de guerra no orçamento e ainda que o coitado do devedor precisa urgente arrumar renda extra, como muitos economistas insistem em falar, é muito fácil. Louvável é ter vencido pessoalmente o problema através da busca pela informação correta e ainda conseguir multiplicar este conhecimento de forma efetiva e empolgante. É claro que é este o educador financeiro de que o Diário de Consumo (e você) precisa. 

Por Fernanda Guimarães