Palestra Saúde Financeira

Portabilidade de dívidas, isenção de tarifas bancárias mensais e proibições de cobrança de encargos pouco conhecidas, se aplicadas, podem fazer muita diferença no orçamento de uma família. Assim, com o objetivo de enfrentar o passado, ou seja, os problemas já armados e existentes (as dívidas), na palestra que ocorreu neste sábado, dia 25, na EXPOMONEY São Paulo, a advogada Fernanda Guimarães mostrou como é possível se livrar de dívidas já contraídas sem que medidas drásticas sejam tomadas.

“Há quem aposte todo o sucesso de suas finanças na diminuição de despesas. Muitos bons economistas tecem coerentes discursos sobre como reduzir gastos dentro do orçamento. Sinceramente, tenho muitos argumentos para discordar dessa solução para o endividamento. Minha sugestão: foque todas as suas energias em como aprender a reduzir as dívidas. Acho muito mais eficiente. Informação de qualidade faz muito mais diferença no seu bolso do que sofrer tentando reduzir o tempo debaixo do chuveiro para economizar energia elétrica. Dizer que é preciso viver com o que se ganha é fácil. Complicado é fazer valer isso no dia-a-dia de cada um, quando nos deparamos com as vitrines, os problemas de saúde e os parentes precisando de dinheiro.”

A palestra abordou com um enfoque diferente o assunto da renegociação de dívidas. Através de dicas eficazes, baseadas não só na experiência de mais de 12 anos no mercado da harmonização das relações de consumo, mas também na disciplina legal vigente em nosso país a respeito do tema, provou-se que a combinação da renegociação de dívidas com um controle dos gastos moderado e coerente é certeza absoluta de sucesso. Isso porque aprender a reduzir as dívidas é o mais eficiente e a informação de qualidade – em especial sobre direito do consumidor – é o que mais faz a diferença para a redução de gastos e de dívidas.
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *