A verdade sobre o “RECALL”

Você sabe o que é o “recall”, não é? É quando uma empresa detecta algum problema de fabricação em um produto, o que pode causar risco à segurança e à saúde do consumidor, e pede que os proprietários o levem à loja ou assistência técnica para reparos ou substituição, gratuitamente. Isso é comum em automóveis, caso em que a montadora anuncia que determinado modelo necessita de algum conserto, como uma troca de peça, por exemplo. Os donos desses veículos devem imediatamente procurar a concessionária quando a empresa anunciar o recall.
A grande novidade nessa questão é que agora quem for comprar um automóvel vai saber exatamente se este foi alvo de recall. A Secretaria de Direito Econômico (SDE) do Ministério da Justiça e o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) assinaram em 14 de outubro deste ano um convênio para troca de informações, válido desde novembro.  Agora, o Registro Nacional de Veículos Automotores (Renavam) vai informar se houve recall do veículo e ainda se o proprietário o levou para reparo na época.

É mais segurança para o consumidor: além de ter a garantia de troca ou conserto gratuito de mercadorias defeituosas, agora é possível comprar um veículo com a certeza de ele ter se submetido ou não ao recall.  Se você pretende trocar de automóvel, seja ele carro, moto ou o que for, preste atenção a este detalhe importantíssimo! Verifique no Renavam as informações sobre o recall!


Por Mauro Gomes
1 responder
  1. Anônimo
    Anônimo says:

    Na minha visão os constantes "recalls" são formas das empresas levarem vc novamente até a concessionária e quem sabe não vender um produto ou serviço.

    Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *