Como conhecer seus direitos pode lhe fazer economizar até R$3 mil ao ano!

Após a palestra da Expomoney em Curitiba a advogada
Fernanda Guimarães conversou com o jornalista Alexandre Costa Nascimento, da
Gazeta do Povo, sobre como conhecer seus direitos traz conseqüências diretas
para seu bolso, rendendo uma economia de até R$ 3 mil ao ano.

“Seus direitos não têm preço, mas conhecê-los
adequadamente faz muita diferença para o seu bolso. Portabilidade de dívidas,
tarifas bancárias e cobrança de encargos ilegais ou supérfluos ajudam a inflar
os gastos e atuam como um ‘ralo’ para o seu dinheiro. Por isso a informação de
qualidade sobre os direitos do consumidor – e a exigência de seu cumprimento –
pode representar uma economia de até R$ 3 mil no orçamento em um ano.
A tarifa de emissão de boleto bancário, por
exemplo, é considerada ilegal pelo Código de Defesa do Consumidor e por decisão
do Superior Tribunal de Justiça (STJ), mas, mesmo assim, continua sendo
praticada por empresas e prestadores de serviços. ‘Um boleto chega a custar R$
3,50. Quem paga dez contas por mês joga fora, em um ano, R$ 420 com algo que na
prática é ilegal’, explica a advogada especialista em Direito do Consumo,
Fernanda Guimarães.”
Para ler mais sobre como poupar em serviços
desnecessários, cestas de serviços bancários e financiamentos, leia a matéria na integra aqui.
Clique na imagem para ampliá-la
Por Gabriela Maslinkiewicz
5 respostas
  1. Anônimo
    Anônimo says:

    Bom dia, meu nome é Laura, eu recebi a carta modelo para isenção de taxas, o qual agradeço muito. Mas a minha dúvida ainda persiste, estou buscando informações sobre a obrigatoriedade que a CEF impõe para a liberação do financiamento imobiliario que é a abertura de conta corrente e principalmente a imposição de débito automático. Eles podem obrigar esse débito automático? Alguns dizem que sim, outros que é ilegal. Vocês poderiam me socorrer, esclarecendo se é legal ou não? Se não for legal, no que posso me basear para reclamar junto ao gerente da conta, pois esse disse que é obrigatório o tal débito automático. Meu e-mail lauranei@ibest.com.br Muito obrigada pela atenção e parabéns pelas reportagens ótimas, esclarecedoras e de grande valia para nós consumnidores. Abraços.

    Responder
  2. Unknown
    Unknown says:

    Boa tarde, meu nome é Priscilla, estou pretendendo comprar um veículo financiado nos próximos meses, e gostaria de receber dicas para fugir dessas taxas abusivas e maneiras de como argumentar de forma coesa e coerente caso a financeira se negue a retira-las do meu contrato. obrigada. Meu e-mai é
    priscilla-dayane[at]hotmail.com. Aguardo ansiosa pela suas respostas.

    Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta para Anônimo Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *